Mudando de pele…

Cheguei!!! Na bagunça, mas cheguei…a casa já ta com cara de lar agora, não mais de “terreno de obra”…hehehehe…mas acho que vamos passar um mês limpando tudo, tem poeira em todos os cantos imagináveis!Mas é bom estar em casa. Quero colocar as fotos aqui, mas a máquina está na Europa com minha filha…só no início de abril…mancada, mas não tive como tirar as fotos da máquina com essa confusão toda.
Mas enfim, obra terminada (em tese, pq tem umas coisinhas que não foram feitas direito…sempre tem…) e é hora de arrumar tudo, por a casa em ordem pra esperar a filhota que volta de seu tempo de estudo na Inglaterra…dois anos…passaram voando!
Mas mudando de saco pra mala, hoje eu estava pensando: obra é uma coisa engraçada, agente começa mexendo em uma coisa e acaba mexendo em várias outras…e qdo tu pensa que acabou então percebe que aquilo gerou outras coisas, coisas que vão precisar ser “mexidas” tb…
E na vida da gente não é muito diferente. Esses dias que fiquei na praia comecei a pensar e a refletir sobre coisas que quero mudar na minha vida, e esses pensamentos me levaram a outras constatações, coisas inter-relacionadas, não dá pra mudar umas e não mudar outras…
Percebi que muitas vezes não fazemos “reformas” na casa pq essas mudanças vão gerar outras e vemos que essa queda de dominó vai ser mais longa e dura do que gostaríamos.
A verdade é que nós humanos temos uma forte tendência à acomodação, é ou não é verdade? Agir para gerar mudanças geralmente é desencadeado por um problema que está nos deixando MUITO desconfortável…do contrário ficamos onde estamos. Raras e honradas são as pessoas que estão sempre em busca de coisas novas (não aquela coisinha nova básica, eu falo de mudanças de verdade).
Claro que ficar querendo mudar a vida toda hora já é psicose, mas aquelas alterações que necessitam de esforço, posicionamento, audácia e coragem…essas são legais mas realmente raras.
Não sei se é pq eu estou entrando numa fase da vida meio…digamos…avançada…hehe…eu acho que ficar dando uma de soldado, marcando passo, indo de não sei onde a lugar algum…não dá.
Então eu pretendo dar um rumo diferente…não sei como ainda, mas quero mudanças. Já passei da idade de aturar ter que desempenhar papéis que não escolhi, que não quero, sabe essas “coisinhas chatas”?
Outra coisa chata (que não quero mais tb) é fazer de conta: aparentar uma coisa que não é, meio assim…hipocrisia. Não mentir ou ficar fingindo descaradamente, não é isso. Mas manter uma aparência já de anos que não corresponde mais à verdade verdadeira, sabe? Tipo: sempre faço isso ou aquilo, vou ali ou aqui, por hábito somente, ou comodismo…deu, já era, isso cansa! Sorrir qdo não tenho vontade, concordar com alguém pq é mais fácil…tá, não dá pra ficar sendo mal educada ou grossa…mas ser mais autêntica tem seu preço. E eu nunca fui do tipo simpática …então…
Hahahahahaha…to pondo uns bofes pra fora né? Mas é que chega um dia em que os papéis começam a pesar demais, cobram um preço muito alto. E aí vem aquela vontade de chutar o pau-da-barraca geral!!! hehehehehe… mas é aquilo, que nem obra, não vai estragar só o pau-da-barraca, vai aparecer mais tralha quebrada pra mexer depois…hahahaha…
Bom, parece que é de uma clareza solar que a Mariazinha aqui está em fase de troca de pele…como uma cobra…venenosa…hehehe…entenderam agora o pq da imagem?
Bjos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s