Trajetória

Nâo escrevo nada aqui já faz algum tempo…quase dez dias. Ando meio sem assunto…meus dias têm sido de tarefas domésticas…tedioso, eu sei.
Mas fazer o quê? Na verdade tenho pensado em descobrir algo que eu queira fazer, fora de casa. Ando muito restrita. Anos atrás eu tinha planos, depois mudei-os completamente, depois mudei de novo voltando aos primeiros…nada deu certo, infelizmente.
Primeiro eu sonhava com um ministério cristão. Mas as lideranças da igreja foram feitas pelos homens e para eles. Não há espaço aqui para mulheres, pelo menos em Poa. Vocês acham que as mulheres perdem com isso? Que nada, elas vão à luta no mundo secular, e se dão muito bem…eu já ví várias delas. Quem perde é a igreja. Lamentável isso, mas ainda impera no sul o machismo fantasiado de “visão”.
Quando eu resolvi voltar aos estudos em 2002 e tentar a magistratura federal e o concurso para delegado federal eu sabia que era uma tarefa hercúlea, concorrer com a gurizada não é fácil. Mas foram ótimos tempos aqueles. Conheci tanta gente boa e inteligente, apredi demais mesmo. Foram seis anos bem vividos. Não cheguei onde eu queria… pq eu desisti no meio do caminho, cansei, mas poderia chegar. Minha vida mudou e as perspectivas de vida mudaram junto. Hoje, com quase cinquenta, anos já não me animo mais a fazer esse tipo de coisa. Deixo pros jovens.
Então tentei voltar ao primeiro sonho…foi uma idéia infeliz. Sem comentários…
Hoje estou mais parada que água-de-poço. Só que minha cabeça continua funcionando…e bastante. Então eu realmente preciso achar um veio, um caminho, um rumo…
Apesar de ser advogada eu nunca almejei essa profissão…não gosto, não faz parte do meu perfil. Pode parecer estranho alguém com uma profissão tão desejada por muitos não querer trabalhar, mas é uma questão de temperamento. Amo o direito, detesto a advocacia…paciência. Para ajudar eu tenho uma renda (que não é a do marido)…assim não morro de fome…hehehehe…posso me dar ao luxo de escolher…
Pois é…então estou assim, sem saber o que fazer mas tendo ainda capacidade de fazer muito…dilema…
Eu acho que qq hora dessas aparece, até pq eu estou refletindo sobre o assunto, então acredito que vou descobrir meu “apito” (meu pai falava assim).
Enquanto isso vou cuidando da casa e da família, escrevendo por aqui e lendo bastante.
Ta dando pra aguentar…mas não vai dar por muito tempo…tem que ter paciência…
Abraços.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s