Quem não quiser ter preocupações…não tenha filhos…

Estava pensando agora em uma frase que minha mãe sempre dizia: filhos criados, trabalhos dobrados. Eu achava aquilo engraçado…pq pra mim o maior problema de se ter filhos era a infância deles. Bebês, crianças pequenas sempre foram minhas preocupações naquela época.
Hoje percebo que ela tinha razão. Não que as crianças não preocupem, preocupam e muito. Mas quando eles são pequenos a gente é quem manda: vamos pra cá, vamos pra lá, faz isso, faz aquilo…etc.
Quando eles ficam adultos acham que sabem de tudo (e sabem muito mesmo) mas, a nossa experiência de vida mostra, fazem algumas escolhas ruins que sabemos vão dar problemas mais tarde.
Mas daí…eles são adultos. Eles decidem suas vidas. E nem sempre querem ouvir os pais. Muitas vezes estes são os que menos merecem ser ouvidos, na ótica dos jovens.
E nós, pais, ficamos aflitos pq queremos ajudar, aconselhar, empurrar, alguns querem decidir pelos filhos (o que é muito ruim).
Eu tenho vivido um pouco disso, acho que todos os pais passam por isso. E é bem angustiante.
Quando nos tornamos adultos (e mais ainda quando temos filhos) percebemos o quanto nossos pais estavam certos em muitas coisas.
E vemos que eles tb não conseguiram nos convencer disso.
Parece uma roda viva que não tem fim!!!
Tanto nós quanto nossos pais passamos por essa frustração de saber o certo mas não conseguir transmitir isso aos filhos, pelo menos em alguns assuntos. E duas gerações (e tantas mais) vêem seus filhos passarem por coisas que não seriam necessárias.
Ok…podemos dizer que tanto uns quanto outros aprendem com isso. Mas muitas dores e problemas poderiam ser evitados, muitos insucessos, perdas de tempo, dinheiro, vocação…sem razão.
Na verdade podemos observar que, na maioria dos casos, é por pura teimosia, rebeldia.
Os filhos não querem fazer o que os pais dizem mesmo sabendo que eles têm razão, bem lá no fundo eles sabem. Mas querem ser independentes…eu tb fui assim em várias ocasiões. E errei.
Gostaria de poder dizer hoje aos meus pais que vejo o quanto eles tentaram fazer por mim, me dando conselhos e mesmo brigando comigo. Eu não fui nada fácil pra eles. Eles tinham razão…e eu sabia disso, mas quis fazer do MEU jeito…burrice.
Gostaria tb de não ver meus filhos percebendo a mesma coisa no futuro, mas acho que não vou poder nem uma coisa nem outra.
A vida é dura, como brinca minha filha. E é verdade. E ela não perdoa nossos erros.
Pena que nem sempre vejamos isso.
Abraços.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s