Quando o governo estimula a gravidez precoce.

Eu fiquei realmente impressionada nesta viagem que fiz à Inglaterra. Minha última estada por lá fora em 2002, e nove anos se passaram. Naquela época, era pouco comum ver mulheres com crianças pelas ruas. Carros de bebê eram raros. Eu fui ver mais crianças naquela época só na Alemanha. Lembro que observei essa diferença.
Agora, mês passado, fiquei chocada com a quantidade de carrinhos de bebê pelas ruas e mães com crianças de 3, 5, 6 anos pela mão. Para onde eu virasse os olhos havia crianças. Incrível!! Mas assim…uma diferença gritante em 9 anos!!
Detalhe: há alguns anos, o governo daquele país criou um sistema de auxílio às mães, principalmente as adolescentes, solteiras. Pelo que eu soube, elas recebem uma ajuda financeira por criança e até casa para morar. Resultado: a meninada desandou a ter filhos! Virou meio que uma forma de vida, de sustento e independência dos pais.

Só que isso vai ter um reflexo social absurdo mais adiante. Ou não? Imaginem essas meninas, sem uma profissão, carreira, os filhos crescem, saem de casa…e elas?? E mais: com a crise na Europa, o governo vai conseguir manter esse tipo de benefício? E se não puder manter?
Me parece que o “Primeiro Mundo” deu um tiro no próprio pé. Como isso vai acabar? Só Deus sabe…
Abraços.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s