Os filhos cresceram…será que acertei com eles???

Já conversei com várias mãe que ficaram meio apavoradas quando perceberam que "as crianças" não eram mais crianças. Não tem mais aqueles pequeninos correndo pela casa, jogando brinquedos por todo lado. Não tem mais bagunça, gritaria, "mãe, posso comer sorvete?", nada disso. Agora são jovens, adultos, mandam no próprio nariz, saem de casa…realmente não é fácil.
Pra mim a fase mais complicada foi a adolescência dos meus. É que parece que eles deitam crianças e acordam crescidinhos demais! É de uma hora para outra. E muitas vezes não nos damos conta e continuamos tratando-os como se fosses nossos "bebês".
Os pais (homens) talvez tenham mais dificuldade ainda com as filhas, é complicado deixar de ter uma menininha e passar a ter uma "moça". Essa passagem é bem difícil. Para todos nós, pais e filhos.
Mas não tem jeito. Todo mundo que é pai ou mãe passa por isso. E graças a Deus que passamos, é sinal que eles ainda estão conosco.
Essa fase pode ser bem dura de lidar. São comum os atritos, discussões, brigas, a uma porque os pais querem continuar "mandando"; a outra porque os filhotes querem alçar voos mais altos…sozinhos! Mas quanto atrevimento!!! Eles acham que sabem tudo da vida!!! rsrsrsrsr
Saber dosar a quantidade de limites e controle que devemos manter com eles é o segredo do negócio.
Leia mais…

Anúncios

6 comentários sobre “Os filhos cresceram…será que acertei com eles???

  1. Ana, li teu texto com o coraçao apertado. Ainda me encontro na fase de "brinquedos atirados por todos os lados".. Hj meu filho estava um grude, chiclete mesmo. Me abraçava, se afastava, me olhava bem e de novo me abraçava, como se quisesse ser um comigo tal era a intensidade. Ai fiquei pensando, qut tempo isso vai durar? Um dia ele nem vai querer q eu o abrace..Outro dia, lembrei de um texto ou frase q vc escreveu, falando q a parte mais dificil era qud eles cresciam, q enquanto sao bebes e nos acordam varias vezes durante a noite nao era nada. Pensei q vc estava errada. Mas conforme meu filho cresce, vejo q tudo se intensifica mais. Ele so tem 15 meses, mas a independencia cresce a cada dia e as preocupaçoes aumentam.Aiiifhh.Verdade q so entendemos melhor os pais qud nos tornamos um. Hj entendo mt mais minha mae.um bjo

  2. Oi Ana,Achei seu blog pelo CmpB e adorei!!Muito bom encontrar um blog de uma mãe que ja esta numa fase mais "adiantada" com os filhotes!! rsrsrs..Vai lá me visitar também!!Bjos!Loreta@bagagemdemaewww.bagagemdemae.com.br

  3. Nossa Ana! que texto bacana, tão verdadeiro que chega a dar medo. A poucos dias questionei sobre a educação e lendo seu texto agora só serviu pra complementar meu questionamento. O segredo que vc fala ainda é pra um pouco difícil de entender. Quem dera tivéssemos uma receita pronta! por enquanto vou ficando na parte de reflexões, principalmente na lembranças de minha relação com meus pais. E não vou esquecer certamente desse post. Quem sabe não ajuda?!BjsDeixo o link do posthttp://meuchocolateeeu.blogspot.com/2011/11/educar-doi.html

  4. Marisel disse:

    Oi Ana que bom ler tuas palavras, não se si você lembra de mi sou Esposa do Daniel Di Loreto, de Uruguay, e muito bom escutar as palavras de uma mãe experiente eu ainda estou no meio metade adolescente e metade criança que Deus no posa dar cada dia sabedoria para guiar nossos filhos obrigado Deus abençoe a tua dedicação Beijos Marisel. de MG

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s