Convicção e Fé

Será que as nossas convicções são realmente fortes? Qual a diferença (se é que existe) entre convicção e fé? Por que estou fazendo essas perguntas? Bem, na realidade estou ME fazendo essas perguntas. Então, vamos lá, tentar responder.
O conceito de convicção é:
-Certeza adquirida por fatos ou razões; persuasão íntima, convencimento.
O dicionário dá como um dos sinônimos a FÉ.
Fé no dicionário:
-Adesão absoluta do espírito àquilo que se considera verdadeiro.
Como assuntos referentes à fé estão mais ligados à religião, vamos ao que a bíblia diz sobre ela:
-Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. Hb 11:1
Concluo eu que “convicção” está mais para fatos provados  e “fé” para o que não se pode provar empiricamente, mas que se “sente” verdadeiro, real. A Fé é a prova, a convicção se baseia na prova.
Por isso, um cientista que não acredita em Deus baseado nos seus estudos, na ciência e no evolucionismo não diz ter “fé” que Deus não existe, ele diz ter “convicção”. Ou que não “crê”. E quem acredita em Deus por suas experiências íntimas não costuma dizer que está “convicto” da existência de Deus mas que tem “fé” Nele.
Deu pra notar que gosto de um pouco de filosofia.
Mas qual é a relevância de todo esse palavreado?
Ao longo dos anos, adquiri algumas convicções que passaram a lutar contra minha fé. Como se a ciência provasse a inexistência de um deus qualquer. Então o que eu SEI  (convicção) que é cientificamente provado faria prova de que a bíblia (minha fé) não conta a verdade.
Ora, então tenho que escolher: ciência ou crença em Deus.
Será?
Ontem ouvi algumas palavras que me fizeram repensar o assunto. Porque há coisas que não posso negar em nenhum dos lados, da ciência e da bíblia. Ora, será possível que não posso juntar as duas coisas e ser racionalmente científica e espiritualmente fiel a Deus? Razão e fé são antagônicas? 
Não irei aqui levantar aspectos da bíblia e da ciência que “aparentemente” se contradizem. É muita coisa para pouco espaço.
Se eu acreditar que Deus não existe, então aquilo que eu SEI que é verdade na bíblia terei que desconsiderar. Mas não é só fé, são fatos, experiência própria, convicções.
Assim não dá.
Mas se eu acreditar que Deus criou todas as coisas tenho que admitir que ele não é nada burro. E que capacitou o homem a descobrir esse tanto de coisas científicas, cosmológicas, que Ele mesmo criou. A ciência é de Deus. Tudo veio dele.
Melhorou.
Ora, então concluo que o que falta é entendimento. Não é difícil aceitar que me falta sabedoria para entender Deus e a ciência. Alguém aí sabe tudo sobre os dois assuntos? Duvido.
Para encerrar, preciso resgatar o que a razão bagunçou na minha fé. Não é tarefa simples. A razão é teimosa e não desiste facilmente. Mas se ela for uma montanha já fica mais fácil, porque a fé do tamanho de um grão de mostarda poderá movê-la, segundo a bíblia.
Não pretendo anular minha racionalidade. Gosto dela, me é muito útil. Mas acho que posso proporcionar uma saudável amizade dela com a fé.
Andando juntas me farão mais feliz.
No momento, sem esgotar o assunto de forma alguma,  era isso.
Abraços.
 
 
 
Anúncios

Um comentário sobre “Convicção e Fé

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s