Não sou Cinderela!

Assista o vídeo antes de ler o texto, para entender a coisa toda:

 
Congresso de Mulheres
 
Quero comentar aqui a publicação que fiz no facebook sobre este vídeo do congresso de mulheres da igreja Lagoinha, ministério Diante do Trono. Sem querer desmerecer a intenção delas(que deve ser boa) , o vídeo me deixa com a sensação de que algumas mulheres querem viver num mundo de “Cinderelas”.
Primeiro, eu acho que a discussão de “como ser submissa a um marido omisso” é quase como dizer “como distorcer uma banana”: totalmente inútil. Se alguém é omisso, significa que não toma decisões, portanto não há como se submeter a coisa alguma. E o conceito de submissão está mais ligado a “apoio” do que à “obediência”  entre a mulher e seu marido. Mas algumas igrejas (e infelizmente muitas mulheres) acreditam que é tipo: “o marido manda e a mulher abaixa a cabeça”…juro, isso me faz chorar…
Segundo: comparar um marido omisso a Acabe (pra quem não conhece a história, foi um rei  em Israel, politicamente forte e muito poderoso, mas muito fraco em sua moralidade pessoal. Permitiu que a esposa promovesse idolatria em Israel, provocando a ira de Deus e, consequentemente, sua queda) e dizer que ao lado dele “geralmente” há uma Jezabel (Jesus usou seu nome como sinônimo de falsa)  é, no mínimo, muita falta de sabedoria para falar a uma platéia.
Terceiro: O modo como descrevem no vídeo o que parece ser a “família perfeita” chega aos limites de um endeusamento do marido. O mundo deve parar quando ele, O cara, chega em casa. Por favor. Já basta o hábito triste que muitos homens têm de achar que quando chegam do trabalho todo mundo não fez nada o dia inteiro, só eles trabalharam.
Quarto: “Devemos educar nossas filhas para serem esposas”…Hein?????? Que ano é hoje??? Em que planeta essas pessoas acham que vivem???? O pai festeja o fato de que a filha passou no vestibular…e isso É MAU???? Cuma??? Tem mais: “nossas filhas fazem faculdade, compram seu próprio carro, adquirem seu apartamento e depois querem casar e ter filhos lá pelos 32  e aí não tem mais homens pra elas, (?!?!?!) só divorciados (que pelo jeito não prestam)”…Então “casar” é o projeto de vida da mulher?? Eu ouvi direito???
E a Ana Paula Valadão (que me desculpem os fãs, mas era a Cinderela encarnada ali) dizendo que a filha, vendo desenho, bota a TV no jornal porque o “papai vai chegar”, e que ela PARA TUDO quando ele chega…falando aquilo de um jeito que eu tô achando que ele entra montado em seu cavalo branco!!!! OMG…
Olha, me perdoem as cinderelas de plantão, mas não dá. Não sei onde essa mulherada vive, mas não é no meu planeta.
A verdade de Deus para a família não é isso. “Isso” é uma distorção do que a bíblia ensina. É um modelo fabricado. É montar um mundinho paralelo ao real. 
Talvez eu faça um post falando como eu vejo a família, nos moldes de Deus. Mas não hoje. Fiquei triste com esse vídeo. 
Abraços.
  
 
 
 
 
Anúncios

Um comentário sobre “Não sou Cinderela!

  1. Glênio Quintana disse:

    Falou e disse, Ana. o que não falta é gente distorcendo o que a biblia diz, ou fazendo uma interpretação literal das suas palavras. Concordo contigo em gênero, número e grau.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s